SAVE BRASIL LANÇA PROJETO PARA A CONSERVAÇÃO DA ROLINHA-DO-PLANALTO EM BOTUMIRIM-MG

No dia 17 de fevereiro, a SAVE Brasil inaugurou sua reserva recém comprada em Botumirim-MG para a conservação
da rolinha-do-planalto, com apoio do Rainforest Trust.

George Wallace, diretor executivo da Rainforest Trust e Pedro Develey, diretor executivo da SAVE Brasil durante a inauguração da Reserva Natural Rolinha-do-planalto.

A comunidade local acolheu este projeto, que inclui a pesquisa, busca de novas populações, o engajamento da população por meio da educação ambiental e a promoção do turismo, principalmente da observação de aves. Mais de duzentas espécies, muitas endêmicas e ameaçadas de extinção fazem parte desta belíssima e rica região do Cerrado brasileiro e que começará a ser explorada.

A localização da rolinha-do-planalto (Columbina cyanopis) estava sendo mantida em sigilo por mais de dois anos após sua redescoberta. Esta estratégia foi adotada para que a SAVE Brasil pudesse desenvolver as primeiras pesquisas e garantir uma área para a conservação desta espécie, criticamente ameaçada de extinção, se encontrava. Desde maio de 2015, quando Rafael Bessa reencontrou a espécie, a SAVE Brasil vem trabalhando para mensurar quantos indivíduos existem na natureza e onde eles estão. Após intensas buscas, Botumirim, um pequeno município no norte de Minas Gerais, foi apontada como a única localidade com registros da espécie até então. Ficou claro que esta população precisava de proteção, assim foi criada a Reserva Natural rolinha-do-planalto, uma propriedade particular de 593 hectares adquirida com fundos da Rainforest Trust.

Após o anúncio público da formação desta reserva, chegou a hora de iniciar as ações para o engajamento da sociedade em prol da conservação desta, que é uma das mais raras espécies de aves do planeta. Assim, no sábado 17 de fevereiro de 2018 foi lançado o projeto para a conservação da rolinha-do-planalto. Participaram do evento a comunidade local, patrocinadores, mídia, instituições públicas e parceiros do projeto.

Em breve lançaremos o formato para o agendamento de visitas, enquanto isso estamos definindo a melhor forma de proteger a espécie e permitir sua visitação pública.

O projeto é financiado pela Rainforest Trust, pelo Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF) e pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.