Plano de Ação para Mudanças Climáticas nas Américas

Projeto concluído em 2017

O 50º relatório do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas), finalizado em Novembro de 2014 deixou claro que os impactos das mudanças climáticas já são sentidos ao redor do planeta, sendo que as comunidades e ecossistemas mais vulneráveis já são os mais severamente atingidos.

A mensagem é clara, se não mudarmos o modo como estamos tratando o planeta toda a base da economia global será desestabilizada, processos ecológicos serão interrompidos e novas espécies serão extintas.

Através do conhecimento cientifico referente às aves, é possível propor medidas para mitigação e adaptação dos impactos das mudanças climáticas, beneficiando não somente as aves, mas toda a população humana.


Objetivo:

Integrar parceiros da BirdLife nas Américas para a construção de uma agenda única sobre os impactos das mudanças climáticas sobre as aves através da elaboração de uma estratégia continental.

Principais atividades e resultados alcançados:

  • Compilação do conhecimento científico existente sobre os impactos das mudanças climáticas sobre as aves;
  • Duas reuniões internacionais entre os 12 parceiros BirdLife Americas envolvidos no programa;
  • Workshop com a equipe SAVE Brasil para a realização do modelo conceitual base para a definição das estratégias;
  • Finalização do Plano de Ação da SAVE Brasil com ações de mitigação e adaptação para as aves e a biodiversidade.
  • Finalização do Plano de Ação para Mudanças Climáticas nas Américas com ações de mitigação e adaptação para as aves e a biodiversidade propostas pela BirdLife International e as organizações parceiras. 

Apoiadores:

Audubon Society, MacArthur Foundation


Parceiros Aves Argentinas, Bahamas National Trust, Belize Audubon Society, Armonia, CODEFF, Calidris, Grupo Jaragua, SalvaNATURA, Pronatura, Panama Audubon Society, Guyra Paraguay.